domingo, 30 de outubro de 2011

IMPERFEITO

Pai, perdoa o meu jeito de achar que sou perfeito
Vejo erro nas pessoas, e não olho meus defeitos
Justifico-me com o bem quando o mal eu pratiquei
No final, eu reconheço quando eu erro outra vez
Estou sempre declarando: "quero ser como criança"
Com o coração tão cheio de maldade e de vingança
Pai, perdoa o meu jeito de achar que sou perfeito
Sou tão falho pecador detalhado de defeitos.
Pai, meu Pai, tenho muito que mudar
Pai, meu Pai, me ajude a melhorar.
Pai, a minha oração pode parecer tão dura
É que essa realidade no meu peito só machuca
Não dava pra esperar, amanhã seria tarde
Te entregar meu coração é minha prioridade
Me olhando nessa hora ainda não sou perfeito
Mas eu sinto que me amas mesmo eu sendo desse jeito
Obrigado por me ouvir
Não vou nem me despedir
Fica aqui dentro de mim
Para nunca mais sair.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

ARMADURA DE DEUS.

A PROTEÇÃO QUE DEUS NOS DÁ.
EF 6.10 - No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.
EF 6.11 - Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
EF 6.12 - Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
EF 6.13 - Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.
EF 6.14 - Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;
EF 6.15 - E calçados os pés na preparação do evangelho da paz;
EF 6.16 - Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.
EF 6.17 - Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
EF 6.18 - Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,
EF 6.19 - E por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho,

As Partes da armadura
Cingidos os vossos lombos com a verdade: Nossa maior força fica nos lombos (com ele conseguimos transportar as coisas), ou seja, se devemos estar cingidos em Cristo! Ele é nossa força!
Vestida a couraça da justiça: A couraça protege coração dos maus pensamentos, ou seja, a couraça da justiça é nosso pensamento somente em Cristo! Santidade. Se nos atacam, acusam então se estamos em Cristo, nenhuma acusação é válida!
Calçados os pés na preparação do evangelho da paz: O nosso caminhar deve ser de acordo com a Palavra de Deus, anunciando as boas novas, dando testemunho.
Escudo da fé: Fé em Jesus, crer, confiar e descansar Nele. Não aceitar as mensagens, fofocas, palavras contrárias e outros (dados inflamados) que chegam para nos derrubar.
Capacete da salvação: Certeza na mente de sua salvação em Cristo, não deixar que ponham dúvida sobre sua salvação, da sua postura de crente perante o Senhor!
Espada do Espírito: Palavra de Deus, pois serve tanto para defender como para atacar e derrotar o inimigo.

Nas mãos do dono de tudo (Salmo 24)

Confortadora coisa é sabermos que nossas vidas estão nas mãos daquele que é dono de tudo, o absoluto Senhor do universo.
Dono de tudo porque a tudo criou: "fundou a terra sobre os mares e firmou-a sobre as águas".
Mas não se trata de um dono distante, nem de um Criador esquecido das suas pequenas criaturas. Embora Ele habite as alturas, um santo lugar, está acessível aos que o buscam de coração puro e não seguem falsos deuses.
O Senhor é o Rei da glória, forte e valente. Mas sempre pronto a abençoar e fazer justiça àqueles que buscam a sua face.


VERSO PARA MEMORIZAR
"Ele receberá bênçãos do Senhor, e Deus, o seu Salvador, lhe fará justiça."
(Salmo 24.5)

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

GUERRA ESPIRITUAL NA MENTE

Amado irmão e amada irmã,
A nossa mente é a base do nosso livre arbítrio. Deus, quando criou a cada um de nós, colocou o livre arbítrio, ou livre escolha. Até mesmo a decisão de aceitar ou não Jesus em nossas vidas como Senhor e Salvador depende de nós, não de Deus. Jesus nos diz, em Marcos 16:16, que a opção de crer ou não crer pertence a nós:
"E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado."
Ou seja, ninguém é forçado a crer em nada. A iniciativa de crer tem que partir de cada ser humano. E assim é também no que se diz respeito a buscar a Deus e ter comunhão com Ele. Somos nós que exercemos o controle sobre nossa mente. Quando Jesus diz novamente os mandamentos de Deus, em Mateus 22:37, Ele especificacomo devemos amar a Deus:
"Respondeu-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento."
Se não exercêssemos controle sobre nossas mentes, não haveria necessidade de que Jesus especificasse que o amor deve também partir de nossa mente (entendimento). Muitos de nós acham que o controle de nossa mente pertence a Deus no momento em que são feitas novas criaturas (2 Coríntios 5:17) ao aceitarem Jesus. E aqui começam os problemas. Vejamos o que a Palavra nos diz em Romanos 12:2:
"E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus."
No momento em que somos feitos novas criaturas, a recomendação do Espírito Santo de Deus é que renovemos nossas mentes. Isto significa que nossa mente deve estar alinhada com a mente de Cristo:
  • 1 Coríntios 2:16
    "Pois, quem jamais conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo."
Ter a mente de Cristo não significa que tenhamos que parar de exercer o controle sobre nossas mentes, mas que temos que controlar nossas mentes de modo a pensarmos como Jesus pensa. Não é a toa que Paulo afirma que todas as coisas lhe eram lícitas, mas nem todas lhe convinham (1 Coríntios 6:12). Paulo sabia que ele tinha que controlar seu entendimento para não praticar atos que fossem contra o Evangelho e não deixava sua mente à mercê de Deus.
Satanás sabe muito bem que nós somos os responsáveis por exercer controle sobre nossas mentes. Por isto, ele tenta de todas as maneiras nos convencer do que não é lícito perante à Palavra. De que maneira ele faz isto?
Tudo que nós consideramos correto em nossas mentes é o que estamos convencidos a respeito. Se nos convencemos, ou somos convencidos de algo, este algo passa a ser parâmetro do que é lícito para nós. Em outras palavras, se nos convencemos de algo que é errado como se fosse certo, agiremos cometendo tal ato como se ele fosse correto. Citarei um exemplo de como Satanás convenceu alguém a pecar.
  • Gênesis 3:1-6
    "Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim? Respondeu a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim podemos comer, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais. Disse a serpente ã mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal. Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu."
Deus havia dado ordem a Adão e Eva que não comessem o fruto da árvore que estava no meio do jardim. Obviamente Satanás queria fazer com que esta ordem fosse desobedecida. Então, tratou de convencer Eva de que se ela comesse do fruto, nada aconteceria de mal a ela. Satanás então persuadiu Eva e a convenceu. Finalmente ela comeu o fruto que não deveria, e deu a Adão, que ao ver Eva degustando de tal fruto, também dele comeu.
Satanás não controlou a mente de Adão e de Eva. Tentou até que conseguiu convencer, fazendo com que o homem e a mulher voluntariamente pensassem de maneira errada. Pensaram de maneira errada e pecaram!
Joyce Meyer1 afirma, em seu livro "Campo de Batalha da Mente", que nós somos aquilo que nós pensamos. Em Romanos 8:5-6,9 a Palavra afirma que inclinamos a fazer aquilo que nossa mente pensa:
"Pois os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz... Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele."
Portanto, podemos definir aqui dois tipos de mente:
  • a mente carnal, ou natural
  • a mente de Cristo
A nossa tarefa é deixar de pensar com a mente carnal e começar a pensar com a mente de Cristo. O versículo 9 de Romanos nos diz que "se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele". O versículo não diz Espírito Santo, mas sim Espírito de Cristo. Pensar com a mente de Cristo constitui uma poderosa arma contra Satanás e seus demônios.
Começar a pensar com a mente de Cristo não é um processo imediato. Esta nova maneira de pensar cresce em nós diariamente, em nossa comunhão com Deus Pai. Ao lermos a Palavra, é importante observarmos como Jesus reagia diante das mais variadas situações. Por exemplo, em Mateus 5:39, Jesus afirma o seguinte:
"Eu, porém, vos digo que não resistais ao homem mau; mas a qualquer que te bater na face direita, oferece-lhe também a outra;"
Jesus não diz para nos humilharmos perante às pessoas, mas para vencer o mal com o bem (Romanos 12:21). Este é o ponto de partida para começarmos a pensar com a mente de Cristo. Jesus também afirma em Lucas 6:45:
"O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem; e o homem mau, do seu mau tesouro tira o mal; pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca."
Basicamente, diante de nossas situações cotidianas, a pergunta que fazemos a nós mesmos será: "Em meu lugar, o que faria Jesus?"
Este princípio nos ajudará na segunda parte desta mensagem, onde estudaremos como o inimigo assalta nossa mente, construindo muralhas ao redor dela, para tentar nos enfraquecer.
A Paz do Senhor a todos!

sábado, 22 de outubro de 2011

ADORAR A DEUS É MAIS....

DÉBORAS









A DEUS TODO O LOUVOR.

Louvor na Bíblia

Ele é o teu louvor e o teu Deus, que te fez estas grandes e terríveis coisas que os teus olhos têm visto.
Deuteronômio 10:21
Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas. Em ti me alegrarei e exultarei; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo;
Salmos 9:1-2
Por ele, pois, ofereçamos sempre a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome.
Hebreus 13:15
Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;
1 Pedro 2:9
E saiu do trono uma voz, dizendo: Louvai o nosso Deus, vós, todos os seus servos, e vós que o temeis, assim pequenos como grandes.
Apocalipse 19:5
Tornaste o meu pranto em regozijo, tiraste o meu cilício, e me cingiste de alegria; para que a minha alma te cante louvores, e não se cale. Senhor, Deus meu, eu te louvarei para sempre.
Salmos 30:11-12
Regozijai-vos no Senhor, vós justos, pois aos retos fica bem o louvor. Louvai ao Senhor com harpa, cantai-lhe louvores com saltério de dez cordas. Cantai-lhe um cântico novo; tocai bem e com júbilo.
Salmos 33:1-3
Bendirei ao Senhor em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca. No Senhor se gloria a minha alma; ouçam-no os mansos e se alegrem. Engrandeci ao Senhor comigo, e juntos exaltemos o seu nome.
Salmos 34:1-3
A ti, ó Deus, é devido o louvor em Sião; e a ti se pagará o voto. Ó tu que ouves a oração! a ti virá toda a carne. Prevalecem as iniqüidades contra mim; mas as nossas transgressões, tu as perdoarás.
Salmos 65:1-3
Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum dos seus benefícios.
Salmos 103:2
Dêem graças ao Senhor pela sua benignidade, e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens! Pois ele satisfaz a alma sedenta, e enche de bens a alma faminta.
Salmos 107:8-9
Louvai ao Senhor! Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento do seu poder! Louvai-o pelos seus atos poderosos; louvai-o conforme a excelência da sua grandeza! Louvai-o ao som de trombeta; louvai-o com saltério e com harpa! Louvai-o com adufe e com danças; louvai-o com instrumentos de cordas e com flauta! Louvai-o com címbalos sonoros; louvai-o com címbalos altissonantes! Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor. Louvai ao Senhor!
Salmos 150:1-6

Outros Versículos encontrados:

No quarto ano, porém, todo o seu o fruto será santo, para oferta de louvor ao Senhor.
Levítico 19:24
Ele é o teu louvor e o teu Deus, que te fez estas grandes e terríveis coisas que os teus olhos têm visto.
Deuteronômio 10:21
Ao Senhor invocarei, pois é digno de louvor; assim serei salvo dos meus inimigos.
2 Samuel 22:4
Porque grande é o Senhor, e mui digno de louvor; também é mais temível do que todos os deuses.
1 Crônicas 16:25
E dizei: Salva-nos, ó Deus da nossa salvação, e ajunta-nos, e livra-nos das nações, para que demos graças ao teu santo nome, e exultemos no teu louvor.
1 Crônicas 16:35
e de estarem cada manhã em pé para render graças e louvor ao Senhor, e semelhantemente à tarde.
1 Crônicas 23:30
e quando olhou, eis que o rei estava junto à sua coluna, à entrada, e os capitães e os trombeteiros perto do rei; e todo o povo da terra se alegrava, e tocava trombetas; e também os cantores tocavam instrumentos musicais, e dirigiam os cânticos de louvor. Então Atalia, rasgando os seus vestidos, clamou: Traição! Traição!
2 Crônicas 23:13
E os levitas Jesuá, Cadmiel, Bani, Hasabnéias, Serebias, Hodias, Sebanias e Petaías disseram: Levantai-vos, bendizei ao Senhor vosso Deus de eternidade em eternidade. Bendito seja o teu glorioso nome, que está exaltado sobre toda benção e louvor.
Neemias 9:5
Pois desde a antigüidade, já nos dias de Davi e de Asafe, havia um chefe dos cantores, e havia cânticos de louvor e de ação de graça a Deus.
Neemias 12:46
ainda de riso te encherá a boca, e os teus lábios de louvor.
Jó 8:21
Invoco o Senhor, que é digno de louvor, e sou salvo dos meus inimigos.
Salmos 18:3
De ti vem o meu louvor na grande congregação; pagarei os meus votos perante os que o temem.
Salmos 22:25
para fazer ouvir a voz de louvor, e contar todas as tuas maravilhas.
Salmos 26:7
Regozijai-vos no Senhor, vós justos, pois aos retos fica bem o louvor.
Salmos 33:1
Bendirei ao Senhor em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca.
Salmos 34:1
Então a minha língua falará da tua justiça e do teu louvor o dia todo.
Salmos 35:28
Dentro de mim derramo a minha alma ao lembrar-me de como eu ia com a multidão, guiando-a em procissão à casa de Deus, com brados de júbilo e louvor, uma multidão que festejava.
Salmos 42:4
Como é o teu nome, ó Deus, assim é o teu louvor até os confins da terra; de retidão está cheia a tua destra.
Salmos 48:10
Abre, Senhor, os meus lábios, e a minha boca proclamará o teu louvor.
Salmos 51:15
A ti, ó Deus, é devido o louvor em Sião; e a ti se pagará o voto.
Salmos 65:1

sábado, 20 de agosto de 2011

NÃO TENTE SOZINHO,VOCE NÃO VAI CONSEGUI.



Hebreus 10:19-25

Seguir a Cristo sem envolver-se com outras pessoas não faz sentido. O conteúdo dos Seus ensinos só pode ser aplicado em um ambiente coletivo. Observe que os dois principais mandamentos envolvem o amor a Deus e ao próximo (Lc. 10:27). Sendo assim, como praticar o amor ao próximo distante das pessoas? Impossível.

Uma das exigências para ser um discípulo de Jesus é crucificar o EU em favor do NÓS. As vontades pessoais precisam ser renunciadas em favor do bem comum. É um princípio essencial da igreja. Aliás, a Igreja é uma Eclésia, ou seja, uma assembléia separada com o propósito de servir a Deus em união. Um membro sozinho não é uma igreja, mas parte dela.
Não existe cristianismo sem relacionamentos. O próprio Mestre escolheu companheiros para as batalhas do seu ministério (Lc. 6:13, 8:1). Ele chamou e conviveu com os doze apóstolos por mais de três anos, 24h por dia. Comia, bebia, ensinava, confidenciava e ouvia-os, percorria distâncias, operava milagres, sofria e alegrava-se na presença deles.

Enquanto homem, mostrou a necessidade do amparo dos amigos. Quando os discípulos discutiam sobre “qual deles parecia ser o maior”, o Mestre interveio dizendo-lhes que no reino dos céus era diferente, pois o maior seria como o menor (Lc. 22:24-27). Acrescentando a essa lição de humildade, reconheceu a importância da companhia dos discípulos: “Vós sois os que tendes permanecido comigo nas minhas tentações” (Lc. 22:28).
Os discípulos estiveram com ele desde o princípio (Jo. 15:27). Estavam desde o início, no entanto, o abandonaram antes da cruz. Talvez não entendessem plenamente a sua missão. O fato é que no Jardim do Getsêmani, quando estava tomado de tristeza e angústia, o Senhor requereu a companhia de Pedro, Tiago e João para uma última vigília: “ficai aqui e vigiai comigo” (Mt. 26:38). Enquanto Jesus orava ao Pai, os seus discípulos mais íntimos dormiam. Fatigados ou desinteressados, não atentaram para a agonia solitária do Mestre. Quando a turba enviada pelos principais do povo e guiada por Judas o prendeu, todos fugiram. Jesus não foi pego de surpresa, pois sabia até quando poderia contar com eles (Jo. 16:32). E continuou amando-os até o fim.

Jesus foi fortalecido pela presença do Pai (Jo. 8:29) e de seus amigos (Jo. 15:15). Ensinou-os a fazerem o mesmo. Na missão dos Setenta, os enviou de dois em dois para que o precedessem em cada cidade e lugar aonde ele estava para ir (Lc. 10:1). E os apóstolos aprenderam bem a lição. Depois da ressurreição, não se separaram, antes foram pescar juntos (Jo. 21:2).

Paulo é outro exemplo: Evangelizou terras e mares do mundo antigo sempre acompanhado de alguém. Era fortalecido e fortalecia as igrejas através da comunhão. Graças a Deus pelos amigos e amigas que encontrou em sua missão, como Priscila e Áquila, Timóteo, Tito, Marcos, Barnabé, Apolo e tantos outros. Os solitários não vão muito longe.

Sabe por que Deus estabeleceu a Igreja? Para “considerarmo-nos uns aos outros, PARA NOS ESTIMULARMOS ao amor e às boas obras”. É por isso que não devemos “deixar de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o dia se aproxima’ (Hb. 10:24,25).

Precisamos do “uns aos outros” para continuarmos constantes e firmes no Senhor. Como diz o Sábio: “Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante” (Ec. 4:9,10). Sozinho ninguém suporta as tentações e provações da vida cristã.
Claro que nem todas as companhias são saudáveis à fé. Algumas devem até ser evitadas (Pv. 13:20, 16:29, 28;7; I Co. 5:11). Por outro lado, “o olhar de amigo alegra ao coração; as boas-novas fortalecem até os ossos” (Pv. 15:30). O que não pode acontecer é tentar seguir a Cristo sozinho.
 Sozinho você não vai conseguir.

TUDO BEM???

MEUS AMADOS IRMÃOS E AMIGOS,ADORADORES DO DEUS VIVO,AS VEZES NOS SENTIMOS SEGUROS,LIVRES DE TODA E QUALQUER ADIVERSIDADE,NOS ACHAMOS AUTO SUFICIENTES,NOS ESQUECEMOS DE OLHAR AO NOSSO REDOR,DEIXAMOS DE VIVER A VIDA DOS NOSSOS IRMAOS,DE NOS PREOCUPARMOS COM AQUELES QUE UM DIA NOS ESTENDERAM AS MÃOS.É QUE TUDO VAI BEM CONOSCO;BOM TRABALHO,BOA SAÚDE,BONS RELACIONAMENTOS,DISPENSAS ABASTADAS,BENS MATERIASIS,UMA VIDA EM CRISTO SEGURA E SEM PROBLEMAS......
IRMÃOS NÃO É PROIBIDO QUIE VOCE TENHA UMA VIDA ASSIM,NÃO É PECADO VOCE COMER O MELHOR DESSA TERRA,NA VERDADE SOMOS HERDIEROS E CO-HERDEIROS,COM CRISTO NESSA TERRA.A PALAVRA DE DEUS NOS ENSINA QUE;O PROPRIO DEUS SUPRIRIA CADA UMA DAS NOSSAS NESSECIDADES SEGUNDO SUA RIQUEZA E GLÓRIA.O QUE VOCE E EU NÃO PODEMOS NOS ESQUECER ;QUE UM DIA JÁ ESTIVEMOS EM UMA POSIÇÃO NENOS FAVORECIDA,UM DIA EU E VOCE PRECISAMOS DE AJUDA,E EU NESSA HORA TE FAÇO UMA PERGUNTA. QUEM FOI O INSTRUMENTO DE DEUS PRA TE ABENÇOAR???QUEM FOI O CANAL DO SENHOR JESUS,PARA LHE ESTENDER AS MÃOS NO MOMENTO EM QUE VOCE MAIS PRECISOU?
ENTÃO MEU QUERIDO E AMADO IRMÃO,VIVA EM UNIDADE DE VIDA,TENHA HUMILDADE DE CRISTO,RECONHEÇA QUE SEM JESUS É IMPOSSIVEL,PROSSEGUIR.ENTENDA QUE VOCE E SEU IRMÃO SÃO UM NA PESSOA DE JESUS CRISTO....ASSIM SERÁ MAIS FACIL,PROSSEGUIRMOS MESMO EM MEIO AS LUTAS,E TAMBEM EM MEIO AS BENÇÃO,PARA NUNCA NOS ESQUECERMOS DE QUE NOSSA DEPENDÊNCIA TOTAL VEM DE DEUS.
SEJA GRATO,SEJA HUMILDE,TENHA COMPAIXÃO,TENHA O CARATÉR DE CRISTO.
DEUS VÓS ABENÇÕE;VENHA E CONQUISTE MARIANA TORRES CONOSCO PRA JESUS!!!!!!
;

sexta-feira, 29 de julho de 2011

O CAVALO E O VELHO

Havia numa aldeia um velho muito pobre, mas até reis o invejavam, pois ele tinha um lindo cavalo branco...

Os reis ofereciam quantias fabulosas pelo cavalo, mas o homem dizia:
- Este cavalo não é um cavalo para mim, é uma pessoa.
E como se pode vender uma pessoa, um amigo?
O homem era pobre, mas jamais vendeu o cavalo. Numa manhã, descobriu que o cavalo não estava na cocheira.

A aldeia inteira se reuniu, e disseram:
- Seu velho estúpido! Sabíamos que um dia o cavalo seria roubado. Teria sido melhor vendê-lo. Que desgraça!

O velho disse:
- Não é necessário tanto alvoroço. Simplesmente digam que o cavalo não está na cocheira. Este é o fato, o resto é julgamento. Se se trata de uma desgraça ou de uma benção, não sei, porque este é apenas um julgamento. Quem pode saber o que vai se seguir?

As pessoas riram do velho. Elas sempre souberam que ele era um pouco louco. Mas, quinze dias depois, de repente, numa noite, o cavalo voltou. Ele não havia sido roubado, ele havia fugido para a floresta. E não apenas isso, ele trouxera uma dúzia de cavalos selvagens consigo. Novamente, as pessoas se reuniram e disseram:
- Velho você estava certo. Não se trata de uma desgraça, na verdade provou ser uma benção.

O velho disse:
- Vocês estão se adiantando mais uma vez. Apenas digam que o cavalo está de volta... Quem poderá saber se é uma benção ou não?
Este é apenas um fragmento. Se você lê uma única palavra de uma sentença, como poderá julgar todo o livro?

Desta vez, as pessoas não podiam dizer muito, mas interiormente sabiam que ele estava errado. Doze
lindos cavalos tinham vindo...

O velho tinha um único filho, que começou a treinar os cavalos selvagens. Apenas uma semana mais tarde, ele caiu de um cavalo e fraturou as pernas. As pessoas se reuniram e, mais uma vez, julgaram. Elas disseram:
- Você tinha razão novamente. Foi uma desgraça. Seu único filho perdeu o uso das pernas, e na sua velhice ele era seu único amparo. Agora você está mais pobre do que nunca.

O velho disse:
- Vocês estão obcecados por julgamento. Não se adiantem tanto. Digam apenas que meu filho fraturou as pernas. Ninguém sabe se isso é uma desgraça ou uma benção. A vida vem em fragmentos; mais que isso, nunca é dado.

Aconteceu que, depois de algumas semanas, o país entrou em guerra, e todos os jovens da aldeia foram forçados a se alistar. Somente o filho do velho foi deixado para trás, pois se recuperava das fraturas. A cidade inteira estava chorando, se lamentando porque aquela era uma luta perdida e sabiam que a maior parte dos jovens jamais voltaria.

Elas vieram até o velho e disseram:
- Você tinha razão, velho. Aquilo se revelou uma benção. Seu filho pode estar aleijado, mas ainda está com você. Nossos filhos se foram para sempre.

O velho disse:
- Vocês continuam julgando. Ninguém sabe! Digam apenas que seus filhos foram forçados a entrar para o exército e que meu filho não foi. Mas somente Deus sabe se isso é uma benção ou uma desgraça. Na verdade, a jornada nunca chega ao fim. Um caminho termina e outro começa: uma porta se fecha, outra se abre. Aqueles que não julgam estão satisfeitos simplesmente em viver o momento presente e nele crescer...
Somente eles são capazes de caminhar com Deus.

Na próxima vez que você for tirar alguma
conclusão apressada sobre um assunto ou sobre uma pessoa, se lembre desta mensagem.

quinta-feira, 28 de julho de 2011


"O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus" (Filipenses 4:19).


Ansiamos Por Mais... Por quê?

Durante a Guerra Revolucionária na América, alguns oficiais britânicos, os portadores de uma bandeira da paz, foram convidados pelo General dos Insurgentes, para jantar com ele. Eles aceitaram o gentil convite e foram conduzidos a uma barraca onde um oficial estava assando algumas batatas em um fogão de acampamento. Esperando uma mesa arrumada com esmero, os oficiais britânicos ficaram surpresos quando o oficial que preparava a comida sacudiu as cinzas das batatas e colocou-as na mesa para o jantar do general e seus convidados. Quando os oficiais britânicos retornaram a seu próprio acampamento, eles contrastaram a alimentação dos soldados americanos com sua própria alimentação, bem mais refinada e cara. Eles refletiram sobre suas grandes necessidades de satisfação e comodidade sem levar em conta as circunstâncias. 

Talvez seja esse o maior problema em relação à nossa satisfação e felicidade. Estamos sempre reclamando porque não temos isso e aquilo, porque o nosso vizinho conseguiu mais do que nós, porque muitos de nossos sonhos nunca são realizados. Queremos sempre o máximo, não nos contentando com o que já temos e que já nos é suficiente. Ansiamos por mais... muito mais, e não seremos felizes até que o alcancemos. E, se o alcançamos, é provável que de nada sirvam para nós. Tão bom seria se aprendêssemos a nos contentar com o que Deus nos dá. Ele nos prometeu suprir todas as necessidades e, certamente, o que nos dá é a medida certa para nosso prazer e regozijo. Poderíamos, sim, ser muito mais felizes se o egoísmo de desejar mais não servisse de obstáculo em nosso caminho de felicidade

Agradeçamos a Deus e sejamos felizes com o que temos. Se Ele nos der mais...continuemos felizes e agradecidos.

terça-feira, 26 de julho de 2011

A Adoração - Santificado Seja o Teu Nome...

 


Creio ser sábio e prudente que, antes de começarmos a analisar cada parte individual desta oração, respondamos a algumas questões pertinentes e importantes que poderão esclarecer o sentido das palavras de Jesus, como: o que é adoração?
 
É certo que não tenho a intenção de fazer uma análise exaustiva da questão, pois fugiria ao propósito do momento que é tratar sobre a oração. Entretanto, visto que a adoração está entrelaçada com a oração, ainda que não esgotando o assunto, não dá para prosseguir sem fazer uma pequena consideração sobre a mesma.
 
Embora sendo este um termo comum em nossos dias, receio que alguns cristãos a identifique com a música ou, palavras de elogio a Deus, tendo uma visão superficial do que é adoração. Certo é que a música, ou as palavras de elogio, são um importante meio de adorar, mas não é a adoração em si; diria que é o fruto da árvore.
 
De modo bem sintético, defino a adoração, baseado na amplitude do seu sentido bíblico, como sendo o espelhar da glória divina (como a lua espelha a luz do sol). Noutras palavras, adoração é tudo o que sou, penso, desejo, faço ou falo, exaltando, engrandecendo, enobrecendo e glorificando a pessoa e a obra de Deus.
 
Imagine a água sendo esquentada pelo sol; ela começa a evaporar subindo em direção ao mesmo. Se estiver limpa, sobe água limpa; se estiver suja, sobe água suja. Assim a adoração; ela é o estado do ser explodindo em atos divinamente aceitos. Não é o ato de evaporar que define a adoração, e sim o ser água limpa. O que dela proceder será resultado. O ato é a conseqüência do ser; é o fruto que se espera de uma árvore. Por isso, não basta adorar, é preciso adorar de modo agradável a Deus.
 
É impossível querer que Deus receba a adoração dos lábios, se ela emana de um coração incrédulo, distante de Deus, e que o desonra por meio de uma vida incoerente. A boca precisa expressar o que o coração está cheio. Não são os belos cânticos que lhe entoamos, e sim a vida santa que lhe consagramos, a real adoração.
 
O profeta Isaías, ratificado depois por Jesus, denunciou este erro vital. "Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim. Mas, em vão me adoram" (Mateus 15:8-9). Não basta dizer "santificado seja o teu nome" se isso for apenas vã repetição, pois este falar será negado pelas ações seguintes. Esta falsa adoração não será aceita por Deus.
 
Demônios diziam de Jesus, "bem sei quem és: o Santo de Deus" (Marcos 1:24), e nem por isso o estavam adorando. O rei Herodes, teve um trágico fim por não dar glória a Deus. Não por não ter dito "glória a Deus", e sim, por ter a atitude soberba de demonstrar o desejo de usurpar a glória que só a Deus é devida. Deixou-se levar pelos corrompidos elogios de homens que buscavam os próprios interesses.
 
Sendo assim, a pergunta seguinte é: Todas as pessoas são adoradoras? Digo que sim! Mas nem toda adoração é aceitável a Deus ou dirigida a Ele. Foi o que Jesus disse à prostituta samaritana. "Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta. Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem" (João 4:19-24).
 
Qualquer pessoa pode dizer palavras de adoração, pode recitar esta oração, mas só o verdadeiro filhos de Deus estará expressando o real desejo de ver se cumprindo o que pede ao seu Pai.
 
E a quem devemos prestar adoração? O próprio Jesus responde: "Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás" (Mateus 4:8-10).
 
"Santificado Seja o Seu Nome". O que isso significa? Santificado, significa honrado, reverenciado, considerado santo, glorificado. O que deve ser assim honrado?
 
O nome! Esta era a maneira como o judeu daquela época comumente aludia ao próprio Deus, pois além do mandamento de não tomar o nome dEle em vão, eles tinham um senso da majestade e santidade de Deus tão desenvolvido, que se tornou costumeiro entre eles jamais pronunciar o nome divino, porquanto sentiam que o próprio nome, e até as letras formadoras dele, eram tão sagradas e santas, e eles mesmos tão pequenos e indignos, que não ousavam mencioná-lo, e referiam-se a Deus com as palavras "teu nome". Portanto, essa expressão indica o próprio Deus, sua pessoa, caráter, atributos.
 
Deus se revelou aos filhos de Israel usando diversos nomes que destacamos aqui para ampliar a nossa visão da presente fala de Jesus. O nome El ou Elohim - fala de seu poder, sua força, seu domínio; Elyon - de seu ser sublime e exaltado; Adonai - fala dele como Senhor, onipotente, soberano, a quem tudo está sujeito; Shaddai - como possuidor de todo poder no céu e na terra, que a tudo subjuga, que é o controlador e governador dos seres humanos e da natureza; Emanuel - é o Deus conosco. Yahweh - Eu Sou o que Sou, isto é, imutável, auto-existente.
 
Com freqüência, certos termos qualificativos eram adicionados ao nome Yahweh. Termos tais como: Sabaoth - O Senhor dos exércitos; Jiré - O Senhor proverá; Rapha - O Senhor que cura; Nissi - O Senhor é minha bandeira; Shalom - O Senhor é nossa paz; Ra'ah - O Senhor é meu pastor; Tsidkenu - O Senhor é nossa justiça; Shammah - O Senhor está presente.
 
Ao se apresentar com esses diversos nomes, Deus esteve revelando facetas da Sua pessoa, do Seu ser e também do Seu caráter e atributos, para conhecimento da humanidade. Em certo sentido, as palavras "teu nome", envolvem tudo isso. Então, o propósito desta petição visa exprimir o desejo de que Deus, e tudo quanto o seu nome representa, seja reverenciado, honrado, glorificado.
 
Você já parou para pensar sobre como é possível o nome de Deus ser honrado e reverenciado entre os homens? Através das nossas vidas! Como filhos e verdadeiros adoradores, funcionamos como espelho da sua grandeza e glória. "Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste; eram teus, e tu mos deste, e guardaram a tua palavra... E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja" (João 17:6,26).
 
Então eu te pergunto: Como filho de Deus, o que você faz tem trazido honra ou desonra ao nome do seu pai? O seu pai tem sido manifestado e conhecido entre os homens através da sua vida e palavras? Não é incoerente orar para que o nome dele seja honrado e viver de modo a desonrá-lo?
 
O Senhor nos ensina aqui a orar para que a humanidade inteira venha conhecer a Deus desta maneira, que o mundo venha honrar a Deus deste modo. Isso reflete um desejo profundo e ardente do filho em prol da honra e glória do seu Pai.
 
Este é realmente o seu grande desejo? Você está sendo sincero ao orar? Pode dizer como o salmista Davi no Salmo 34:3; "Engrandecei ao Senhor comigo; e juntos exaltemos o seu nome"? Ele demonstrou estar realmente interessado que a grandeza de Deus transparecesse cada vez mais intensamente entre os homens? Você está disposto a viver de modo que essa honra, esse nome seja assim engrandecido?

domingo, 24 de julho de 2011

DEUS É BOM E SUA MISERICORDIA DURA PARA SEMPRE

“Deus é bom e a sua bondade dura para sempre”
Em todo o AT a bondade de Deus é enfatizada, e Deus quer colocar em nossas cabeças que Ele é bom.

No Salmo 118 o salmista declara a bondade de Deus.

Na passagem do “Jovem rico” um homem ao se encontrar com Jesus diz: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? E Jesus fala: Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão um, que é Deus. (Marcos 10.17-18)

Em toda a palavra podemos perceber o quanto Deus é bom, porém em nossas vidas em algum momento tivemos a sensação de que Deus não estava nos escutando, que Ele deletou os nossos “e-mails” sem ao menos lê-los, e que Ele não está dando a devida atenção ao que achamos merecer.

É nesta hora que você começa a fazer coisas para chamar a atenção de Deus, que você fala que vai largar tudo e que gastou muito tempo acreditando na Bíblia Sagrada, e é para Deus que você fala todas estas coisas.

Você ameaça largar o evangelho, ou então voltar a fazer tudo aquilo que fazia quando era do mundo.

Um dos primeiros versículos que o cristão decora é Romanos 8.28 “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”

Mas mesmo tendo acesso a essa realidade, você começa a ter uma amnésia espiritual e se esquece do que Deus já fez por você.

Porém, quando desconfiamos do amor de Deus cometemos o pior erro em nossas vidas, e quando isso acontece estamos dando espaço para que o diabo trabalhe em nossas mentes. É nessa hora que o diabo começa a plantar sementes contra Deus em nossos corações.

A vida cristã é palpada nas promessas, se abrirmos mão da fé de nada vai adiantar nossa vida. Quando a palavra de Deus não é mais rema em minha vida, o que sobre é nada.

Nós não podemos crer naquilo que o mundo nos diz, mas naquilo que a bíblia nos diz. Quem se envenena começa a entrar num atrito terrível, pois não sabe mais se crê no sobrenatural de Deus ou se acredita no campo natural, naquilo que se vê.

Se a bíblia diz que Jonas foi engolido por um grande peixe, então devo crer que isto é verdade, ou eu creio, ou eu não creio, ou estou com Deus, ou me aparto Dele.

Jeremias 29.11-14
11Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais. 12Então, me invocareis, passareis a orar a mim, e eu vos ouvirei. 13Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração. 14Serei achado de vós, diz o Senhor, e farei mudar a vossa sorte; congregar-vos-ei de todas as nações e de todos os lugares para onde vos lancei, diz o Senhor, e tornarei a trazer-vos ao lugar donde vos mandei para o exílio.

Deus afirma aqui que tem pensamentos de bem, de paz, para o seu povo, para aquele que Nele crê. Nesta passagem era muito difícil aos israelitas acreditarem nestas palavras, pois se encontravam distantes de Deus, em um cativeiro. Mas o que eles não viam, era que através do cativeiro seriam tratados, lapidados e assim quando eles buscassem Deus eles O achariam.

Só aqueles que buscam, oram, gastam tempo nesta empreitada, conseguem ter uma comunicação com Deus. Os israelitas estavam numa fase em que achavam que não precisava falar os seus problemas a Deus, pois Ele sabe de todas as coisas, mas é ai que eles se enganavam.

Eles estavam se sentindo sem paternidade. Como eu posso ver a bondade de Deus nesta história?

Deus toma o seu instrumento, o profeta Jeremias, para dizer que não se esqueceu deles. Há uma temporada em que não identificamos o amor e a bondade de Deus, mas em qualquer situação nós devemos nos lembrar que Ele nos ama.

Devemos confiar em Deus mesmo quando não vemos nada, pois a bondade de Deus jamais deve ser questionada, de maneira que não podemos avaliar a bondade de Deus pelo que vemos ou sentimos, pois Deus trabalha para o nosso bem.

Gênesis 26.1-6
1Sobrevindo fome à terra, além da primeira havida nos dias de Abraão, foi Isaque a Gerar, avistar-se com Abimeleque, rei dos filisteus. 2Apareceu-lhe o Senhor e disse: Não desças ao Egito. Fica na terra que eu te disser; 3habita nela, e serei contigo e te abençoarei; porque a ti e a tua descendência darei todas estas terras e confirmarei o juramento que fiz a Abraão, teu pai. 4Multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus e lhe darei todas estas terras. Na tua descendência serão abençoadas todas as nações da terra; 5porque Abraão obedeceu à minha palavra e guardou os meus mandados, os meus preceitos, os meus estatutos e as minhas leis. 6Isaque, pois, ficou em Gerar.

O texto diz que sobreveio fome sobre a terra e já havia acontecido isto no tempo de Abraão. Isaque foi ter com o rei dos filisteus. Há uma palavra profética e ele se apegou a ela.

A fome está na base das pirâmides do desejo. Para que você não morra de fome, você faz o que precisa se feito para comer. Fome não representa só em relação a alimento, mas representa escassez, falta de alguma coisa.

Nós não temos somente fome de comida, mas de cultura, espaço, lazer, conquista, crescimento, esporte, turismo, música, relacionamento, amor, carinho, revelação da Palavra, experiências com Deus, novidade, unção, satisfação, plenitude, etc.

Se você está com fome não desça ao Egito, creia nas promessas de Deus. Quando se tem fome à tendência é ir para onde tem comida.

Não desça, não se mova, não tome uma decisão emotiva!!!

Não saia do lugar, pois Deus vai te abençoar ai onde você está. Isaque obedeceu, havia falta de comida, havia fome onde ele estava, mas Deus disse permaneça, não se mova.

Gênesis 26.12
“Semeou Isaque naquela terra e, no mesmo ano, recolheu cento por um, porque o Senhor o abençoava.”

Antes de colher, você precisa aprender a semear.
Quer amor começa amando.
Quer perdão começa perdoando.
Quer receber começa abençoando.

A bíblia diz que Isaque recolheu cento por um, e isto significa mais do que pensamos. Nesta hora você vê Deus desarquivando todos os sonhos que estavam arquivados, e Ele faz isso porque você questionou a bondade Dele, e Ele quer te mostrar que Ele é Deus.

Gênesis 26.16
“Disse Abimeleque a Isaque: Aparta-te de nós, porque já és muito mais poderoso do que nós.”

Estava muito bom para ser verdade, quando ele acha que vai ficar bom o rei diz para ele sair.

Como Isaque poderia ver a bondade de Deus em algo assim? Mas Deus continua sendo bom com ele.

Gênesis 26.18
“E tornou Isaque a abrir os poços que se cavaram nos dias de Abraão, seu pai (porque os filisteus os haviam entulhado depois da morte de Abraão), e lhes deu os mesmos nomes que já seu pai lhes havia posto.”

Quando Abraão morreu os filisteus entulharam os poços, porém Isaque começa a cavar a herança que tinha para ele.

Gênesis 26. 19
“Cavaram os servos de Isaque no vale e acharam um poço de água nascente.”

Ele perseverou e foi abençoado.

Gênesis 26.20-22
20 Mas os pastores de Gerar contenderam com os pastores de Isaque, dizendo: Esta água é nossa. Por isso, chamou o poço de Eseque, porque contenderam com ele.
21 Então, cavaram outro poço e também por causa desse contenderam. Por isso, recebeu o nome de Sitna. 22 Partindo dali, cavou ainda outro poço; e, como por esse não contenderam, chamou-lhe Reobote e disse: Porque agora nos deu lugar o SENHOR, e prosperaremos na terra.

Isaque viveu o que muitos estão vivendo hoje, “se cavo o poço, vem contenda, vem divisão”. Isaque deu nomes aos poços, que era como se ele estivesse deixando um bilhetinho para Deus.

Primeiro Poço: ESEQUE, que significa CONTENDA
Segundo Poço: SITNA, que significa ÓDIO, e ele queria dizer “estou sentindo ódio”.
Porém, Deus nunca chega atrasado e Ele responde aquela indignação.
Terceiro Poço: REOBOTE, lugar que o Senhor nos deu e prosperou.

Isaque, entre os patriarcas, foi o que menos realizou conquistas para Deus, mas este episódio levou Isaque a todas essas conquistas. Ele começa a cavar os poços, e eles viram bençãos.

Há pessoas que estão desacreditadas e não conseguem mais confiar na bondade de Deus, mas creia na palavra profética que Deus está liberando para a sua vida hoje, você vai buscar, vai jejuar, para que você veja as promessas de Deus acontecendo.

Aquilo que parecia destruição, derrota, vai ser revertido em benção, pois Deus não se esqueceu de você, ainda que o seu coração esteja te levando à incredulidade.

Creia e Deus os abençoe!

sexta-feira, 22 de julho de 2011

VERDADEIRA PAZ


O que te deixa nervoso? O que tira a tua paz?

Existem muitas situações que nos tiram a tranqüilidade, a paz.
Ex: Pernilongo no quarto, Tentar dormir com alguém ao lado roncando...

O homem tem uma definição do que é Paz!

O que é paz pra você?

O império Romano queria pregar um tempo de Paz – PAX ROMANA. Mas o fazia através de seu poder bélico e autoritarismo. Tem gente que diz que Paz é estar bem consigo mesmo.

Outros falam que Paz é Ausência de Guerras. Porque você cumprimenta as pessoas na Igreja dizendo: “A paz do Senhor?”

Porque você fala: “Fica na paz?”

1) Situações que te tiram o sono, roubam a tua paz!
Sabemos que todos temos dificuldades e problemas. Porém a função do inimigo é te fazer ficar consumido nesse problema. Você passa dia, passa noite, e não pensa mais em outra coisa. Dorme, acorda e NADA!

(I Corintios 14:33) - Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos.

Deus não é Deus de confusão. Aprenda a descansar mais no Senhor

(Salmos 4:6-8) - Muitos dizem: Quem nos mostrará o bem? SENHOR, exalta sobre nós a luz do teu rosto. Puseste alegria no meu coração, mais do que no tempo em que se lhes multiplicaram o trigo e o vinho. Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, SENHOR, me fazes habitar em segurança.
Não perca o sono. Saiba que se a resposta ainda não chegou. Ele está no controle da situação.

(I Pedro 5:7) - Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

Lance sobre Ele suas ansiedades.

(Provérbios 12:25) - A ansiedade no coração deixa o homem abatido, mas uma boa palavra o alegra.

A ansiedade te deixa abatido. Deus tem tudo sob o controle, não se preocupe.

(Mateus 6:34) - Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.

Não andeis ansiosos por nada.

2) O nosso conceito de paz não é o mesmo de Jesus

(João 14:27) - Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.

Mostra Jesus dizendo que a Paz que Ele tem para nos oferecer é diferente daquela que pensamos existir no mundo.

O mundo pensa...
- que o dinheiro traz paz (Ah, se eu ganhasse na mega sena)
- que ser famoso traz paz (se todos me reconhecessem)
- que ter muitos amigos traz paz (Nunca vou ficar sozinho)
- que não ter problemas é o que é paz (pelo menos isso)

ISSO TUDO É MENTIRA

>>> A realidade é que a verdadeira paz só podemos encontrar em Jesus Cristo !!!

(João 8:32) - E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.


O primeiro passo para viver na Paz de Jesus é não estar mais escravo de nada. Já estamos Livres!
Quem vive no pecado automaticamente perde a paz.

(Salmos 119:165) - Muita paz têm os que amam a tua lei, e para eles não há tropeço.


(Isaías 48:18) - Ah! se tivesses dado ouvidos aos meus mandamentos, então seria a tua paz como o rio, e a tua justiça como as ondas do mar!

É tempo de sair da Babilônia

3) Jesus mostra que a paz com Ele é diferente
Faz parte do nome de Jesus ser o Príncipe da Paz
(Isaías 9:6) - Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.


Jesus mostra que mesmo no meio da aparente dificuldade, Ele mantinha a sua Paz.
 
- Quando satanás o tentou no deserto, Ele não perdeu a paz. (Mt 4)
- Quando a tempestade afligiu o barco, Ele continuou dormindo. (Mc 4)
- Quando Lázaro havia morrido, Ele disse “Lazaro dorme” (Jo 11)
- Quando haviam paralíticos diante dele, Ele dizia “Levanta e ande!” (Jo 5)
- Quando o crucificaram, Ele disse “Pai tem misericórdia desses” (Lc 23:34)

- DIANTE DO IMPOSSÍVEL, ELE DISSE: HÁ IMPOSSÍVEL PARA DEUS? (Lc 1:37)

4) Situações que te tiram a Paz são oportunidades para que Ele te ensine e te abençoe, mas tem que confiar nEle!

Quando Deus te chamou foi para que você vivesse uma glória maior ainda, essa é a nossa esperança.

(Ageu 2:9) - A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o SENHOR dos Exércitos, e neste lugar darei a paz, diz o SENHOR dos Exércitos.

Não importa a situação, Ele já nos chamou para TER PAZ E VITÓRIA NELE.

(Romanos 16:20) - E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. Amém.

Ele já esmagou nossos problemas.

Pedir então a PAZ DO SENHOR para a sua vida não é desejar que você tenha Guerras, mas sim chamar a existência em sua vida essa confiança de que TUDO está debaixo do controle de JESUS

domingo, 17 de julho de 2011

Grandes Pensamentos:

Grandes Pensamentos:

“ O que me preocupa não é o grito dos maus e sim o silêncio dos bons”.
Martin Luther King


"Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta,não é no evangelho que você crê,mas sim,em si mesmo." - Agostinho

“Minha consciência é escrava da Palavra de Deus.”
- Martinho Lutero

"O pecado e o inferno estão casados, a não ser que o arrependimento anuncie o divórcio." - C. H. Spurgeon

“O cristianismo não é meramente um programa de conduta; é o poder de uma nova vida.”
- B. B. Warfield

“Dai-me cem homens que nada temam senão o pecado, e que nada desejam senão a Deus, e eu abalarei o mundo.” - John Wesley

sábado, 16 de julho de 2011

A Felicidade da Salvação

São felizes os que têm o alegre som
Da salvação real do nosso Deus.
Pois eles têm ouvido num suave tom,
A multidão que canta lá no céu.
Já os filhos de Deus bem alegres estão,
Porém no céu prazer melhor terão,
Os gozos do cristão, apenas gotas são
Do mar de bênçãos, em Sião!
Secam-se do mundo os mananciais por fim,
Deixando aqui somente sequidão,
Porém, as fontes divinais não são assim,
Pois sempre águas vivas manarão.
Paulo e Silas, eis que na cadeia estão,
No tronco têm seguros mãos e pés,
Mas sem se importarem, mesmo na prisão,
Entoam hinos ao Senhor, com fé!
Eis Estêvão numa grande exultação,
Embora às pedradas sucumbiu,
Porque do Espírito cheio teve a visão:
O Salvador à dextra de Deus, viu!
Muitos séculos têm-se passado já,
Depois que Estêvão, pela fé morreu,
Mas salvação igual Jesus ainda dá,
A todos crentes e fiéis em Deus.
Qual pombinho já em canto divinal,
Que louva: "Aleluia", em nosso ser;
Se perguntares: "Onde apanharei igual?"
"No Gólgota" nós vamos responder.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

A HIPOCRISIA

 

Mateus 23

Definição: (Do grego; hypocrisia   e do latin: hypocrise + sufixo ia) “demonstração de uma virtude, dum sentimento louvável, que não se tem. Impostura, fingimento, simulação, falsidade. Falsa devoção.” Novo dicionário Aurélio da língua Portugues, Edição revista e ampliada, pg 899 – Editora Nova Fronteira. No  passado, havia uma conotação diferente do significado da palavra, cujo resultado era:  “Um apresentador de sonhos; Um orador; Um recitador de Poemas ou Um ator”. Desta ultima definição, redundou no significado da Palavra como a temos nos dias de hoje. – Nos dias de Jesus os religiosos fizeram jus a esta prático, porque haviam muitos fariseus e hipócritas entre o povo. Fariseu – Era formado por um grupo religioso, político e social. Estes exerciam na época do Senhor Jesus uma grande influência. Eles eram os “piedosos” da religião. Toda esta capa aparente de servidores piedosos e inquiridores da lei, não passava de uma fachada hipócrita. Jesus em seu discurso, chama-os diretamente de: Escribas, Fariseus e Hipócritas. Dizia o Senhor acerca da atitude deles em fechar aos homens o direito ao Reino dos céus, pois nem eles entravam e nem permitiam que os outros entrassem.

Observemos os versículos 13-29 do texto em pauta. O senhor apresenta na sua tese, a diferença entre o ser verdadeiramente e o dizer que é. O hipócrita faz o discurso mas não tem a prática.   Disse então o Senhor:  “AI DE VÓS”! Observemos com mais detalhes alguns aspectos de como funciona, opera e atua a hipocrisia no meio da congregação.  Busquemos uma compreenssão mais profunda do problema pois o Senhor colocado  o seus olhos sobre a igreja, a fim de que isto não venha a se tornar uma doença crônica na congregação.

ASSIM SE MANIFESTA A HIPOCRISIA
Quando lemos a Palavra de Deus, claramente entendemos que este mal vem se manifestando desde os dias do Senhor entre nós. Não é algo novo que tenha surgido agora, mas algo tão velho quanto a história e o homem.  Chamamos sua atenção para estes fatos.

A hipocrisia é manifestada no meio da congregação, pelo  homem que publicamente se apresenta como bondoso, como salvador, aqiele que tem a solução pra o problema. Na realidade o quer é todos saibam que ele está ajudando ou dando esmolas.  Mt 6:2 “Quando pois deres esmolas, não faças tocar a trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam a sua recompensa”. Também se manifesta através de atitudes de uma falsa consagração ou jejuam o que é feito não para Deus mas para que os outros lhes dê louvor. Mt 6:16 “Quando vocês jejuarem, não façam uma cara triste, como fazem os hipócritas, pois eles fazem isso para todos saberem que estão jejuando. Eu afirmo a vocês, que isto é verdade. Eles já receberam sua recompensa”.

A Hipocrisia, se manifesta tambem na vida de pessoas que usam o nome da religião e o nome de Deus para esconder sua própria fraqueza. É aquele que se nega em ajudar ao seu semelhante e até a seus próprios pais dizendo que já está com seus bens comprometido com Deus e por esta razão já não pode ajudar. Marcos 7:10-13 É aquele que quebra a lei de Deus e a sua Palavra, pois está escrito que: “Aquele que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado”. Quantos deixam de ajudar um enfermo ou seu próximo por causa do descanso (sábado) julgando que isto agrada a Deus. É aquele que faz sua própria religião ao invés da religião de Deus. O Senhor declara em Lucas 13:5 “Hipócritas! No sábado qualquer um de vós vai à estribaria e desamarra sei boi ou o seu jumento a fim de leva-lo para beber água”.

É a pessoa que esconde os seus verdadeiros sentimentos sob a máscara do fingimento. São iguais a aqueles que procuraram Jesus para embaraça-lo inquirindo-o sobre o tributo. A resposta do Senhor  é imediata: “Dae a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”, uma colocação sábia  do Senhor. Marcos 12:15; Mateus 22:18. É o homem mau escondido sob a máscara da piedade Mt 23:28 Jesus condenando o fingimento ou a hipocrisia, disse: Mt 23:27-28 “ Ai de vocês, mestres da Lei e fariseus, hipócritas! Pois vocês são como túmulos pintados de branco, que por fora parecem bonitos, mas por dentro, estão cheios de ossos de mortos e podridão. Por fora vocês parecem boas pessoas, mas por dentro estão cheios de mentiras e de pecados”.

O Hipócrita torna-se um cego em seus próprios desatinos. Tentou enganar aos outros e acabou sendo por si mesmo enganado. Caiu na própria cilada. Deus mostra o hipócrita debaixo da condenação. Mateus 24:50-51 “Virá o senhor daquele servo num dia em que não o espera, e a hora que ele não sabe, e castigá-lo-á, e lhe dará a sorte dos hipócritas. Ali haverá choro e ranger de dentes”.

A HIPOCRISIA É ABOMINADA PELO SENHOR
Certamente que o Senhor aborrece e não somente aborrece mas também abomina o pecado da hipocrisia, pois esta; míngua, traumatiza e atrofia a obra que o Senhor deseja realizar entre o seu polvo. O indivíduo que exerce a hipocrisia,  por não ser autêntico, também não é real e se não é real, será falso e o falso não tem direito a sentar na mesa do Senhor. Leia-se Mateus 23:13-36

HÁ ESPERANÇA PARA A COMPLETA LIBERTAÇÃO
Deus tem interesse em livrar o seu povo, a sua  Igreja, desta praga que como a traça, parece inofensiva, mas é devastadora entre o povo de Deus.  Quantas pessoas, tiveram suas vidas serem levadas ou  engano pela vangloria dos homens, desprezando a glória do grande Deus. O Desejo do Senhor, é que tenhamos entre nós pessoas que estejam atentas para servir com retidão, com singeleza e com pureza diante do Senhor. “Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus”. Observemos a oração de Davi quando diz:  I Crônicas 29:17 “Bem sei meu Deus, que tu provas os corações e que da sinceridade te agradas”.  Não nos apresemos ao mal, não corramos para a prática da hipocrisia. Ao abrirmos as nossas bocas, falemos o que é bom e reto perante o Senhor e não esqueçamos do que está escrito em Hebreus 10:22 “Aproximemo-nos com sincero coração, em plena certeza de fé”. A vida do cristão, deve ser de louvor e gratidão ao Senhor. Fujamos urgentemente dessa praga denominada “hipocrisia”, falemos a verdade uns com os outros e assim seremos verdadeiros, autênticos e fieis servos do nosso Deus.

domingo, 10 de julho de 2011

ESTREMECER

ESTREMECER

O homem deve: Ler a Bíblia para ser Sábio; Crer na Bíblia para ser Salvo; Praticar a Bíblia para ser Santo.
 

CHÁ DE MULHERES.

Um tempo maravilhoso passamos ontem em nossa congregação,aonde tivemos ali um tempo de comunhão e de louvores.Ontem pude perceber que para adorar a Deus não é preciso multidões de pessoas,um estrondo de vozes,percebi e pude sentir,que uma só voz é possivel alcançar o coração de Deus,estavamos em poucas mulheres ali reunidas,mas a presença de Deus era tão perceptivel,tão real,que quase não dava pra conter as lagrimas.É preciso que nós mulheres e homens,nos concentremos em obter de Deus a graça,e a misericordia,fechar os olhos em meio a adoração e extrair de nossos corações nosso melhor louvor,só assim alcançaremos o coração de Deus, palavra de Deus nós diz lá em (gênesis18:22á 33), minha pastora amada Elisabete muito sabiamente nos ilustrou essa passagem maravilhosa,se tiver dez vai valer a pena,mas tambem se tiver um vai valer a pena da mesma maneira,foi isso que  Deus disse Abraao;assim é nosso Deus,voce é importante e unico,assim como eu sou unica e importante,por isso minhas irmãs e meus irmãos,seja tua adoração como muitas vozes,adore a Deus com muita intensidade; como se fosse todas as vezes a ultima vez.
Tenha uma semana de vitórias!!!!
chá de mulheres